21 de Novembro, 2020

O olho normal


(Imagem adaptada da AAO (American Academy of Ophthalmology)

 

Córnea – A parte mais anterior e transparente do globo ocular. Tem um papel importante na focagem das imagens no interior do olho.

Íris – A parte que dá cor aos olhos. Regula a quantidade de luz que entra no globo ocular.

Pupila – É a zona escura e circular no centro da íris. É o espaço por onde as imagens penetram no nosso olho.

Cristalino – É uma estrutura transparente, em forma de lente, situada na área pupilar e atrás da íris. A sua principal função é a focagem fina das imagens na retina.

Vítreo – É uma substância gelatinosa e transparente que preenche o globo ocular atrás do cristalino.

Retina – É uma membrana composta por células nervosas que reveste o interior do globo ocular. Converte as imagens em impulsos nervosos que são transmitidos ao cérebro pelo nervo óptico.

Mácula – Região especial da retina com particular importância na visão fina da forma e da cor.

Nervo óptico – É o nervo que liga o olho ao cérebro. Actua como um fio eléctrico que transmite ao cérebro os impulsos nervosos produzidos pela retina onde são depois interpretados como imagens.