2 de Novembro, 2021

Que tipo de graduação dá para corrigir com a cirurgia a laser?

Ouvir o Programa no site da TSF
Médico Oftalmologista: Andreia Rosa

A operação a laser permite corrigir várias graduações, mas a oftalmologista Andreia Rosa lembra que é preciso analisar caso a caso antes de avançar para a cirurgia:

Nós podemos corrigir a laser a miopia, astigmatismos e hipermetropias, e combinações, por exemplo miopia e astigmatismo, hipermetropia com astigmatismo, dependo das condições que o doente tem, se tem espessura suficiente, regularidade, mas em principio todas essas refrações darão para corrigir, dentro de certos limites. 

Assim, em regra geral, por exemplo uma miopia acima de 7 não dá para corrigir, e hipermetropias acima de 4 ou 5 também não. E nos astigmatismos é até 4 dioptrias, embora também haja alguns astigmatismos mais altos que podem ser corrigidos ( aceitando-se que fique algum erro residual, que não são todos completamente corrigidos, mas que fique algum residual). Mas, em linha geral, esses valores serão os valores máximos. Tudo isto são linhas gerais para as pessoas saberem o que é que se pode fazer; mas só mesmo fazendo uma consulta oftalmológica e vendo não só a visão, mas a refração; também sabendo o estilo de vida que a pessoa tem, a idade, os exames complementares de diagnóstico como uma tomografia da córnea. Só reunindo esta informação é que dá para saber qual é o alvo ideal, qual é a refração ideal, e se é ou não aconselhável fazer o procedimento a laser.

Amanhã falamos sobre o uso saudável de lentes de contato.

Com o apoio da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia.