22 de Outubro, 2021

Há doenças do organismo que podem causar doenças retinianas?

Ouvir o Programa no site da TSF
Médico Oftalmologista: Sara Vaz Pereira

Há várias doenças do organismo que podem causar problemas na retina e a oftalmologista Sara Vaz Pereira sublinha os fatores de risco e a importância da prevenção e dos rastreios visuais:

Há várias doenças e acho que nós, em Portugal, temos de pensar nas doenças cardiovasculares como a hipertensão arterial; os doentes também têm muita vez dislipidemia; têm diabetes. Todas estas doenças podem causar patologia da retina por si próprias ou até ser fator de risco para outras doenças da retina como as tromboses retinianas, como os enfartes – ou seja, as oclusões arteriais da retina – que são situações potencialmente graves que podem levar à cegueira. Por isso, qualquer situação de diminuição da visão ou distorção da visão em pessoas com fatores de risco ou de novo devem ser avaliadas.

Depois, há outras doenças como por exemplo doenças autoimunes como o Lupus. O Lupus eritematoso sistémico é uma doença que existe e que pode levar à vasculite, ou seja à inflamação dos vasos da retina, ao aparecimento de hemorragias ou a enfartes também da retina, e por isso estes doentes também podem estar em risco. 

E também os próprios medicamentos para tratar o Lupus – há muitos doentes que fazem a hidroxicloroquina, o vulgo Plaquinol – quem faz este tipo de medicação para tratar estas doenças tem de fazer um rastreio oftalmológico regular porque pode provocar alterações que são potencialmente irreversíveis, ainda que raras. É importante dizer que são raras, mas que devem ser rastreadas.

E depois, também há por exemplo, doenças infeciosas, como a toxoplasmose – também pode haver a toxoplasmose ocular. Temos também o HIV/SIDA – em que doentes mais imunodeprimidos podem ter infeções oportunísticas, ou seja, que não causariam doença normalmente mas, como estão mais debilitados, podem causar doença da retina.

Estes e outros conselhos estão disponíveis no site da TSF.